Exclusivo Sechat: “Não tem mais como fugir”, diz deputado autor de PL que autoriza remédios com maconha no Brasil

Por Marcus Bruno

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD-SE) é autor de um projeto que muda a “Lei de Drogas” de 2006 para, segundo o texto, “viabilizar a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta Cannabis sativa em sua formulação”.

Na quinta-feira passada (13), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)criou uma comissão especial que terá 34 membros e mesmo número de suplentes para proferir um parecer a esse PL (399/15).

Em entrevista exclusiva ao portal Sechat, Mitidieri revelou que o projeto, apresentado em 2015, foi barrado pelo então presidente da Casa, Eduardo Cunha, por ser contra a pauta. Mas que agora “não tem mais como fugir do tema”, já que “mexe com tanta gente”. O político também tem fé que o PL seja aprovado ainda neste ano, mas acredita que isso ocorra até o final de 2020.

De acordo com o texto, “os medicamentos que contenham extratos, substratos, ou partes da planta denominada Cannabis sativa, ou substâncias canabinoides, poderão ser comercializados no território nacional, desde que exista comprovação de sua eficácia terapêutica, devidamente atestada mediante laudo médico para todos os casos de indicação de seu uso”.

Leia os principais trechos exclusivos da entrevista diretamente no site Sechat: https://sechat.com.br/justica-news/exclusivo-nao-tem-mais-como-fugir-diz-deputado-autor-de-pl-que-autoriza-remedios-com?fbclid=IwAR2YVeA6GABOM6gEASYm6t1OTc8-7_P2V0d2IZpUEI9d004pR48D8QQl7hA

Fonte: SECHAT

Creative Commons License AttributionRepublish

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Nosso conteúdo

Como forma de respeito a todos os conteudistas e leitores, referenciamos nossas fontes de informação colocando seus links. Além disso, sabemos que isso facilita as pesquisas de estudantes, professores, pesquisadores, empreendedores, profissionais e, dessa forma, o ecossistema se fortalece como um todo. \o/
Licença de uso
CC BY

Utilizamos a licença Creative Commons CC-BY (Atribuição 4.0 Internacional), ou seja, resumidamente, qualquer um pode:

Compartilhar: copiar e redistribuir o conteúdo de nossas postagens em qualquer meio e formato;
Adaptar: editar, remixar, transformar, e construir a partir de nossas postagens com qualquer propósito, até mesmo comercial.

Sob o seguinte termo:

Atribuição: ao utilizar (compartilhar/adaptar) o conteúdo de nossas postagens, seja para encontrar novas fontes de conteúdo, o responsável deve dar os devidos créditos ao nosso canal, referenciando-o com o link para o material consultado.

Essa licença está entre as mais abertas e é aprovada pelo Free Cultural Works, ou seja, é uma licença que está de acordo com as liberdades essenciais de uso, compartilhamento e edição de conteúdo

License

Creative Commons License AttributionCreative Commons Attribution
Exclusivo Sechat: “Não tem mais como fugir”, diz deputado autor de PL que autoriza remédios com maconha no Brasil