Portugal autoriza cápsulas de cannabis para emagrecimento

Não é através de dietas restritivas e de uma alimentação à base de detox que vai conseguir emagrecer. Ou, pelo menos, manter o peso a longo prazo.

A fórmula é simples: ter uma alimentação equilibrada, treino moderado, boas noites de sono e dez minutos diários para relaxar. Ainda assim, não tem de recusar todas as ajudas extra. A mais recente é um produto com cannabis na sua composição. Chama-se Cannabis Formula+Fucus e está disponível desde abril em lojas em Portugal.

Apesar de o consumo da erva ser imediatamente associado ao aumento da fome, o suplemento alimentar da marca PhytoGold — que utiliza óleo das sementes da cannabis como princípio ativo — promete provocar uma maior sensação de saciedade e contribuir com propriedades laxativas, que ajudam a emagrecer. 

O uso não está associado a nenhum efeito alucinógeno. Em junho de 2018, por exemplo, o Ministério da Agricultura português esclareceu que a comercialização deste gênero alimentício é permitida “desde que o teor de tetrahidrocanabinol (THC) não exceda 0,2 por cento na planta”.

A embalagem com 30 cápsulas custa 38,08€ (aproximadamente R$ 169 no Brasil) e está à venda, inclusive, pela Internet, assim como em lojas físicas em Lisboa e Aveiro. O espaço na capital foi inaugurado em setembro de 2018. A estratégia de expansão da empresa foi idealizada por Marcos Torres, 34 anos, para manter viva a memória do avô, António Gouveia Torres. E em 1982 foi diagnosticado com cancro no cólon.

Naquela altura da idade, os médicos disseram que teria apenas seis meses de vida. Por isso, decidiu tratar a doença com o método tradicional, mas não só. Seguiu uma dieta à base de produtos naturais e compostos a partir de plantas. Ao contrário do que era esperado, recuperou a saúde e abriu uma loja, em 1984, para vender os produtos que acredita ter ajudado na sua cura.

O objetivo era que outras pessoas pudessem seguir o mesmo caminho e complementar o tratamento médico com suplementos alimentares, homeopatia e plantas medicinais — “uma forma de purificar o organismo de toda a parte química”.


“O meu avô morou muitos anos em Angola. Naquele país, era chamado de calunguembia, que significa ‘o homem que gostava de ver nascer o sol’. Foi esse mesmo sol que lhe deu força quando foi diagnosticado com o cancro e que inspirou o nome da loja”, conta à NiT Marcos Torres, o atual responsável pela Girassol.

Fonte: New in Town/Portugal

Creative Commons License AttributionRepublish

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Nosso conteúdo

Como forma de respeito a todos os conteudistas e leitores, referenciamos nossas fontes de informação colocando seus links. Além disso, sabemos que isso facilita as pesquisas de estudantes, professores, pesquisadores, empreendedores, profissionais e, dessa forma, o ecossistema se fortalece como um todo. \o/
Licença de uso
CC BY

Utilizamos a licença Creative Commons CC-BY (Atribuição 4.0 Internacional), ou seja, resumidamente, qualquer um pode:

Compartilhar: copiar e redistribuir o conteúdo de nossas postagens em qualquer meio e formato;
Adaptar: editar, remixar, transformar, e construir a partir de nossas postagens com qualquer propósito, até mesmo comercial.

Sob o seguinte termo:

Atribuição: ao utilizar (compartilhar/adaptar) o conteúdo de nossas postagens, seja para encontrar novas fontes de conteúdo, o responsável deve dar os devidos créditos ao nosso canal, referenciando-o com o link para o material consultado.

Essa licença está entre as mais abertas e é aprovada pelo Free Cultural Works, ou seja, é uma licença que está de acordo com as liberdades essenciais de uso, compartilhamento e edição de conteúdo

License

Creative Commons License AttributionCreative Commons Attribution
Portugal autoriza cápsulas de cannabis para emagrecimento