Feira internacional Hemp Fair Brasil acontece em abril em São Paulo

Por Adriana Dias | 09 de novembro de 2022

A Hemp Fair Brasil 2023 promete ser a maior feira temática da Cannabis sativa no Brasil aos públicos das Américas. Durante os dias 13, 14 e 15 de abril, a cidade de São Paulo oferecerá ao público presente um amplo espaço físico, preparado para receber comitivas de 25 países, apresentando inovações coma a Cannabis para uso medicinal, industrial, adulto e saúde.

Estandes com exposição de produtos e serviços, paineis e palestras, oficinas práticas e ações de networking internacional estão na programação. Pequenas empresas e profissionais técnicos também terão espaços garantidos.

A realização da Hemp Fair Brasil é da Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN), com produção da agência Comunicar Bem. O apoio institucional é do Instituto CuraPro: Acolhe Vidas. A feira brasileira foi criada com o objetivo de reunir o mercado internacional e nacional e contará com projeto de suporte para abrigar mais de 110 estandes para expositores, considerando empresas e organizações sociais, interessados em fornecer ou adquirir soluções com matérias-primas e insumos da planta Cannabis para uso medicinal e industrial.

A ABICANN visa realizar um grande encontro do setor no continente americano, reunindo profissionais e ambientes produtivos, econômicos e sociais, em torno da planta Cannabis. E apresentará as tendências do Brasil para o mundo.

Presença confirmada de participantes em diversos países que vão abordar temas, como: Cultura, Educação, Comportamento, Saúde, Ciências, Regulações, Negócios, Serviços, Vida Pública, Mídias, Marketing, Logística e Inovações que chegam ou saem do País. Quai são as tendências da cultura da Cannabis para os anos seguintes? Quais produtos e tecnologias devem chegar por aqui, até 2025?

Oportunidade para Empresas e Profissionais

Um pavilhão completo, com estandes em diversos tamanhos. Publicidade digital em telas e em comunicação outdoor. Áreas para oficinas práticas. Espaço para trazer ideias, utilizando os palcos. E ações de networking incentivados são algumas das oportunidades que empresas já podem garantir, reservando espaços até o dia 29 de novembro de 2022: https://pt.surveymonkey.com/r/RJCGC8H

Flores de Cannabis: matéria-prima é componente importante para a produção de óleos medicianis e nutricionais

Espaço para todos os públicos: muito além do capital

Pequenos têm espaços! Totalmente inclusiva, a Hemp Fair Brasil oferece espaços na feira e nos eventos para pequenas e médias empresas ou direcionados aos profissionais autônomos com orçamento limitado para divulgar suas marcas, serviços e soluções. Um ambiente que está em preparo para incentivar conexões entre profissionais do setor e pessoas interessados em conhecer os benefícios da planta Cannabis, por meio de consultores e especialistas diversos.

Podem se cadastrar: associações de pacientes, growshops e tabacarias, empreendedores individuais e profissionais autônomos, médicos, farmacêuticos, psicólogos, veterinários, engenheiros agrônomos, técnicos laboratoriais e industriais terão espaços garantidos, porém, limitados!

21 Setores Econômicos: Cannabis Medicinal e Cânhamo Industrial

Uma série de Relatórios Técnicos e Científicos, produzidos a pedido da ABICANN, indicam que a Cannabis/Cânhamo é capaz de recuperar o meio ambiente, melhorar a saúde humana e animal, gerar empregos, desenvolver novos negócios e empreendedorismo e movimentar a economia nacional. São mais de US$ 30 bilhões por ano (aproximadamente R$ 155 bilhões), que deverão entrar na economia brasileira até 2030, de acordo com projeções da principal entidade empresarial e industrial, em defesa da cultura da Cannabis no País.

O Brasil estava atrasado sobre as questões de saúde e geração de oportunidades em torno da Cannabis. A informação contínua, a defesa de profissionais sérios e o nascimento de organizações empresariais, científicas e sociais, hoje são capazes de se reunir em associações pró-pacientes, em centros de inovações e pesquisas e na formação de empresas. São esses grupos que dão acesso a produtos de Cannabis, com grau farmacêutico, chegando às drogarias brasileiras ou sendo entregues diretamente aos pacientes que buscam medicamentos compostos da planta. Mas o mercado da Cannabis vai muito além dos produtos farmacêuticos mudno afora.

Nos próximos anos, os órgãos reguladores devem discutir as proposições de uma gama infinita de produtos para saúde, genética, nutrição e para se produzir quase tudo que se vê com as fibras e outras matérias-primas da Cannabis e da variedade Cânhamo

De medicamentos a roupas e à alimentação animal. Mais de 90 países no mundo já regularam, de alguma forma, as variedades de Cannabis e arrecadam milhões em impostos. E no Brasil, quando vamos regularizar?

Passou do tempo de revermos nossos conceitos para a compreensão de que se trata de uma economia bilionária, e será positivo para os brasileiros se profissionalizar, porque já existe um clima global em busca de mentes, recursos naturais e parcerias no Brasil, conferindo valor aos impactos do protagonismo econômico e social que gera aos países membros das Américas.

Previsão: os 12 Mercados Promissores no Brasil

Análises mercadológicas indicam que até 2030, mais de 150 países já terão regras claras sobre o cultivo, cadeia industrial, retorno social, taxas e impostos sobre a Cannabis/Cânhamo, de acordo com estudos encomendados pela ABICANN.

A entidade de representação empresarial e industrial da Cannabis brasileira considera uma economia capaz de gerar bilhões se desenvolvidos e modernizados os parques agrícolas e industrias para produtividade, pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde, imediatamente.

Lideranças e técnicos reconhecidos especulam que por aqui haverá grandes impactos econômicos, em 21 setores, quando incluímos também as fibras do Cânhamo nas tendências de mercados com a planta. O Brasil tem tecnologias, grandes universidades, mas ainda precisamos de projetos de leis para recomendar pesquisas e estudos pelas universidades e dezenas de cursos, por centros de pesquisas e por outras entidades atuantes com PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) de produtos.

Conheça os 12 principais setores que mais podem se beneficar da Cannabis para usos diversos:

Tendências mundiais com a Cannabis/Cânhamo devem ganhar força nas Américas, nos próximos anos. Uma economia represada há 84 anos no Brasil

Motivos políticos, econômicos e ideológicos, e que têm nos afastado dos benefícios para saúde e para uma vida sustentável com essa… planta. Analisemos a questão jurídico-legislativa, a partir do Decreto-Lei No 891, de 25 de novembro de 1938, que foi assinado pelo ex-presidente Getúlio Vargas e completa 84 anos de… desatualização.

Nos Estados Unidos o Hemp (Cânhamo) é a nova sensação econômica!

Em 2021, A produção de Cânhamo nos Estados Unidos, em 2021, totalizou US$ 824 milhões em valor (R$ 4 bilhões, aproximadamente) – a grande maioria veio do cultivo de flores, de acordo com um relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Ou seja, os indicativos mostram que manter uma planta ilegal no Brasil é dar apoio às falidas políticas de combate às drogas, iniciada em 1930 pelos EUA.

Atualizar legislações e normativas pode nos dar acesso a uma economia pulsante e a saúde necessária que os canabinoides podem nos propiciar, que o cânhamo pode nos oferecer com suas fibras. E no cenário geral, a legislação ainda indica que a repressão ao uso de Cannabis no Brasil é justificada por uma lei preconceituosa, desatualizada e que prejudica a vida de todas e todos os brasileiros. Essas leis associam o consumo adulto da maconha fumada a pessoas em estado violento, o que não faz sentido.

Podemos pesquisar diretamente mais de 35 mil evidências que relacionam a Cannabis à saúde, e os efeitos de muitas das 500 moléculas já mapeadas podem ser conhecidos, por meio do confiável site da PubMed. Trata-se da maior biblioteca norte-americana, reunindo mais de 33 milhões de citações da literatura científica, periódicos de vários campos da ciência e livros on-line.

Cânhamo cultivado em ambiente aberto para alimentar a agroíndustria em mais de 50 países, até o momento

Empresas e Profissionais podem reservar espaços na Hemp Fair Brasil até 29 de novembro de 2022, pelo link: https://pt.surveymonkey.com/r/RJCGC8H

SERVIÇOS:

Quando: 13, 14 e 15 de abril de 2023

Local: Barra Funda, São Paulo

Informações/CAEX: +55 13 9.9607.9093

Equipe Organizadora: relacionamento@comunicarbem.com.br ou eventos@abicann.org

Informações à imprensa: portal@abicann.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso conteúdo

Como forma de respeito a todos os conteudistas e leitores, referenciamos nossas fontes de informação colocando seus links. Além disso, sabemos que isso facilita as pesquisas de estudantes, professores, pesquisadores, empreendedores, profissionais e, dessa forma, o ecossistema se fortalece como um todo. \o/
Licença de uso
CC BY

Utilizamos a licença Creative Commons CC-BY (Atribuição 4.0 Internacional), ou seja, resumidamente, qualquer um pode:

Compartilhar: copiar e redistribuir o conteúdo de nossas postagens em qualquer meio e formato;
Adaptar: editar, remixar, transformar, e construir a partir de nossas postagens com qualquer propósito, até mesmo comercial.

Sob o seguinte termo:

Atribuição: ao utilizar (compartilhar/adaptar) o conteúdo de nossas postagens, seja para encontrar novas fontes de conteúdo, o responsável deve dar os devidos créditos ao nosso canal, referenciando-o com o link para o material consultado.

Essa licença está entre as mais abertas e é aprovada pelo Free Cultural Works, ou seja, é uma licença que está de acordo com as liberdades essenciais de uso, compartilhamento e edição de conteúdo

License

Creative Commons License AttributionCreative Commons Attribution
Feira internacional Hemp Fair Brasil acontece em abril em São Paulo