França vai testar cannabis medicinal por dois anos

Em outubro de 2019, o Parlamento Francês consentiu em dar uma chance à cannabis medicinal.

A National Agency for Safety of the Medicinal products (ANSM), ou Agência para a Segurança de Produtos Medicinais, em tradução livre, já havia aprovado a iniciativa meses antes, e, ficou decidido que, por dois anos, começando agora em 2020, serão conduzidos experimentos que incluirão monitoramento de pacientes e análise de dados sobre resultados de tratamentos com a cannabis.

Três mil pacientes, que não têm atualmente alternativa medicamentosa, serão monitorados para que seja elaborado um dossiê sobre impactos positivos de produtos à base da planta em casos de dores crônicas, epilepsia, tratamento paliativo de pacientes oncológicos, esclerose múltipla e outras doenças do sistema nervoso central.

A França, assim como o Brasil, proíbe o cultivo da cannabis – o que deixa ainda em aberto de onde os produtos (ou matéria-prima) serão importados. Os tratamentos serão feitos de uma maneira ampla, com óleos, flores secas, infusões e pílulas.

Fonte: Cannabis and The Law

Creative Commons License AttributionRepublish

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Nosso conteúdo

Como forma de respeito a todos os conteudistas e leitores, referenciamos nossas fontes de informação colocando seus links. Além disso, sabemos que isso facilita as pesquisas de estudantes, professores, pesquisadores, empreendedores, profissionais e, dessa forma, o ecossistema se fortalece como um todo. \o/
Licença de uso
CC BY

Utilizamos a licença Creative Commons CC-BY (Atribuição 4.0 Internacional), ou seja, resumidamente, qualquer um pode:

Compartilhar: copiar e redistribuir o conteúdo de nossas postagens em qualquer meio e formato;
Adaptar: editar, remixar, transformar, e construir a partir de nossas postagens com qualquer propósito, até mesmo comercial.

Sob o seguinte termo:

Atribuição: ao utilizar (compartilhar/adaptar) o conteúdo de nossas postagens, seja para encontrar novas fontes de conteúdo, o responsável deve dar os devidos créditos ao nosso canal, referenciando-o com o link para o material consultado.

Essa licença está entre as mais abertas e é aprovada pelo Free Cultural Works, ou seja, é uma licença que está de acordo com as liberdades essenciais de uso, compartilhamento e edição de conteúdo

License

Creative Commons License AttributionCreative Commons Attribution
França vai testar cannabis medicinal por dois anos