Produção de Cannabis: Onde estão os Agrônomos? (2/3) | Tudo Sobre Cannabis

Por: Lorenzo Rolim da Silva – 01 de outubro de 2019

Chegou a hora do segundo texto da série “Produção de Cannabis: Onde estão os Agrônomos?”. Desta vez vamos abordar o tema de doenças que afligem a espécie bem como alguns problemas fisiológicos. Caso não tenha visto, o primeiro texto da série você pode conferir aqui.

O Cânhamo, como todas as commodities agrícolas, sofre com problemas de patógenos, em sua maioria espécies de fungos que atacam a cultura em diferentes momentos e em diferentes órgãos da planta. Este texto, para agrônomos brasileiros que tiveram uma boa dose de Fitopatologia durante o curso de Agronomia, já adianto que não vamos ter muitas novidades, a grande maioria dos fungos fitopatógenos são os mesmos que acometem grande parte das culturas cultivadas aqui no Brasil.

Isso é bom e ruim ao mesmo tempo, na minha opinião. Bom por que já sabemos como lidar com a maioria deles, porém ruim por saber que eventualmente, quando o Cânhamo for cultivado em larga escala, ele vai sofrer ataques destas doenças e talvez o cultivo seja impeditivo em áreas que contenham alta incidência destes patógenos.

Essa é uma distinção importante, enquanto as pragas não são necessariamente as mesmas das grandes culturas brasileiras, o que favorece o uso do Cânhamo em uma rotação de culturas nesse sentido, a maioria das doenças fúngicas são as mesmas, mantendo no campo os esporos gerados durante o ciclo reprodutivo destes organismos, seja nas plantas vivas ou na própria palhada após a colheita.

Continue lendo em: https://medium.com/tudosobrecannabis/produ%C3%A7%C3%A3o-de-cannabis-onde-est%C3%A3o-os-agr%C3%B4nomos-2-3-a19c7eedc60e

Creative Commons License AttributionRepublish

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Nosso conteúdo

Como forma de respeito a todos os conteudistas e leitores, referenciamos nossas fontes de informação colocando seus links. Além disso, sabemos que isso facilita as pesquisas de estudantes, professores, pesquisadores, empreendedores, profissionais e, dessa forma, o ecossistema se fortalece como um todo. \o/
Licença de uso
CC BY

Utilizamos a licença Creative Commons CC-BY (Atribuição 4.0 Internacional), ou seja, resumidamente, qualquer um pode:

Compartilhar: copiar e redistribuir o conteúdo de nossas postagens em qualquer meio e formato;
Adaptar: editar, remixar, transformar, e construir a partir de nossas postagens com qualquer propósito, até mesmo comercial.

Sob o seguinte termo:

Atribuição: ao utilizar (compartilhar/adaptar) o conteúdo de nossas postagens, seja para encontrar novas fontes de conteúdo, o responsável deve dar os devidos créditos ao nosso canal, referenciando-o com o link para o material consultado.

Essa licença está entre as mais abertas e é aprovada pelo Free Cultural Works, ou seja, é uma licença que está de acordo com as liberdades essenciais de uso, compartilhamento e edição de conteúdo

License

Creative Commons License AttributionCreative Commons Attribution
Produção de Cannabis: Onde estão os Agrônomos? (2/3) | Tudo Sobre Cannabis